sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Petição vs. Gratidão

Se eu fosse um pai, não ligaria se meu filho me pedisse algo. Mas ficaria mais feliz em dar algo expontaneamente à ele e ver a gratidão em seus olhos. E Deus, como nosso pai?
Se eu fosse um noivo, não me importaria se minha noiva me desse uma indireta (ou até mesmo uma direta) para que eu comprasse um presente pra ela. Mas eu gostaria muito mais de ter percebido seu desejo e lhe fazer uma surpresa, para que pudesse ver a felicidade e contentamento em seus olhos. E Jesus, o noivo amado de sua igreja?

Pedir é bíblico. Gratidão também. Mas gratidão pode ser muito mais interessante em um relacionamento mais profundo com Deus. Você passa mais tempo pedindo ou agradecendo?


Texto de strong_wind (Eric Santos)
Ministério de Mestre no corpo de Cristo.
Se quiser distribuir, por favor, cite a fonte =)