domingo, 12 de setembro de 2010

Burrice Emocional

Olá galera!

Primeiramente gostaria de me desculpar em uma nova demora para postar. Embora me formei na faculdade, passei por um período de correria no trabalho com horas extras que consumiram meu tempo. Parece que esse período está acabando e consegui um momentinho pra postar aqui. O legal é que esse post inaugura uma série de artigos, reflexões e textos não apenas copiados de outro lugar e postados aqui, mas de minha autoria. Ele inaugura também uma nova categoria de assunto: "Revolta". Então, se você acha que crente não se revolta e é sempre aquela pessoa com cara de mocinho de filme antigo, nem continue lendo. Mas se você já está mais maduro com relação a esse sentimento de indignação, faça uma boa leitura!
Bem, este texto é uma compilação um pouco mais organizada de minha revolta no twitter por conta de algo que aprendi num seminário, refleti, e em contrapartida presenciei ações totalmente contrárias.


Esse fim de semana, participei de um seminário muito bom, com o título Pode Crê, ministrado pelo Pastor José Bernardo da AMMEvangelizar e organizado pela Rede da Juventude. Em contrapartida a como o seminário foi bom, presenciei um fato que me faz refletir de como muitos cristãos são totalmente imaturos. O fato em si não interessa muito aqui, mas a aplicação daquilo que meditava - revoltantemente, admito -, é totalmente válida.
Contextualizando um pouco,  aprendi no seminário que é possível classificar inteligência não somente em cálculos matemáticos ou capacidade de decorar as coisas como as vezes estamos acostumados. Independente da linha psicológica que se use (para o caso de haver algum psicólogo lendo este texto), concordando ou não com a classificação de inteligências de acordo com a linha utilizada pelo pastor, a mensagem com relação a desenvolvermos uma capacidade de se relacionar e viver é válida.
O pastor nos falou que existem pelo menos sete formas de inteligência que podemos classificar.  Por exemplo, inteligência motora e inteligência emocional. Não conhecia os termos, mas entendo o que significam agora. Falando de inteligência emocional, esta seria a capacidade de nos relacionarmos com os outros. De saber se importar, se comunicar, ajudar.
Agora, é incrível ver como muitas pessoas são estúpidas, ignorantes e burras com relação a essa inteligência. Mesmo em nossas igrejas! Ao invés de se importar com o próximo, se vê muita hipocrisia. Pregamos o amor, mas será que o vivemos? Cada vez que deixamos nossos afazeres e compromissos sufocarem nosso cuidado e o ato de olhar para os outros, pecamos. Egoísmo também entra aqui.
Sabe, por muito tempo fui taxado como nerd da turma, quanto à inteligência racional. Por um lado é bom,
mas por outro a gente se sente totalmente incompreendido. Posso não possuir muita inteligência motora por exemplo (sou mto desastrado), mas tenho deixado Deus trabalhar minha inteligência emocional. E o cuidado com o próximo tem sido uma das minhas prioridades. Mas não é isso que tenho visto muito na prática por muitas pessoas - sim, estou falando de vocês, os chamados povo de Deus; do mundo não podemos esperar isso mesmo.
Se eu estiver sendo um nerd emocional, me desculpem, vocês ignorantes e tapados que não me entendem. Mas digo: você ainda pode acordar! Como aquele que decide estudar pra se dar melhor na vida, você pode decidir ser usado por Deus pra trazer alegria ao próximo. E não somente alegria ao próximo, mas também ser alguém que realmente faz a diferença e vive o evangelho que tanto prega. Em Nome de Jesus, acorda e faz alguma coisa útil! Para de se preocupar consigo mesmo! Ou continue nessa sua vida vazia, essa pessoa estúpida que só se preocupa com seus afazeres. Mas aviso: ao se preocupar com seus próprios afazeres, vai chegar um momento que vai olhar pra trás e ver que não construiu algo útil em quem realmente importa: nas pessoas ao seu redor. Ou esqueceu do grande mandamento de amar primeiramente a Deus, mas também o próximo como a si mesmo? Se esquecer disso, quando olhar pra trás verá quão vazia sua vida ficou.
Deus abençoe vocês! Sei que pode não ter sido fácil de engolir, mas também não foi fácil presenciar. Até logo!


Texto de strong_wind (Eric Santos)
Ministério de Mestre no corpo de Cristo.
Se quiser distribuir, por favor, cite a fonte =)