quarta-feira, 12 de março de 2008

O Cocerto de Sua Vida

A paz irmãos! Recebi essa mensagem e gostaria de compartilhar.



Desejando encorajar o progresso de seu filho na musica, sua mãe o
levou a um concerto de piano. Depois de sentarem, a mãe viu uma amiga
na platéia e foi até ela para cumprimentá-la. O pequeno menino se
levantou do lugar onde estava e sua curiosidade o levou a uma porta
onde estava escrito "PROÍBIDA A ENTRADA".
O concerto estava preste a começar, a mãe retornou ao seu lugar e
descobriu que seu filho não estava lá. De repente, as cortinas se
abriram e as luzes caíram sobre um lindo piano no centro do palco e
lá estava o menino sentado ao teclado inocentemente catando as notas
de uma musica infantil.
Naquele momento, o grande pianista fez sua entrada, percebendo a
presença do menino, rapidamente foi ao piano, e sussurrou no ouvido da
criança: "Não pare continue tocando".
Então, aquele pianista estendeu sua mão esquerda e começou a tocar.
Logo, colocou sua mão direita ao redor do menino e acrescentou um
belo acompanhamento. Juntos, o velho mestre e o jovem garoto
transformaram uma
situação embaraçosa em uma experiência maravilhosamente criativa.

É assim que as coisas são com Deus. O que podemos conseguir por
conta própria mal vale mencionar. Fazemos o melhor possível mas os
resultados não são exatamente como gostaríamos. Mas, com as mãos de
Deus, as obras de nossas vidas verdadeiramente podem ser maravilhosas.
Quando você for realizar alguma coisa, ouça atentamente.Você pode
ouvir a voz do Mestre, sussurrando em seu ouvido dizendo: "Não pare,
continue tocando!" E então sinta os braços amorosos de Deus ao seu
redor, tocando o concerto da sua vida. Não desista, da vida permaneça
fiel aos seus ideais e sonhos e eles se tornarão realidade por merecimento!
O profeta Jeremias no pior momento de sua vida escreve com segurança:
"As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos,
pois as suas misericórdias não têm fim. Novas são a cada manhã e
grande é sua fidelidade. A minha porção é o Senhor digo a minha
alma; portanto vou esperar nele.