sexta-feira, 10 de novembro de 2006

Maria Está Chorando?

Muito bom!


Centenas de aparições duvidosas têm sido noticiadas no mundo inteiro como se fossem de Maria, a santa mãe de Jesus na carne. Essas aparições: 1) São apenas ilusões arquitetadas por mentes doentias ou fanáticas, ou mesmo pela Igreja católica a fim de angariar mais dinheiro com peregrinações e cultos idólatras 2) São obra de Satanás, que segundo 2 Coríntios 11.14, se transforma em anjo de luz a fim de enganar os tolos.

Quem morre não aparece, não se manifesta e muito menos se comunica com alguém, em parte alguma. Salmos 88:10-12;Isaías 38:18-19; Jó 7:9-10; Eclesiastes 9:4-6; Lucas 16:19-31 – (Parábola do rico e Lázaro)

Maria morreu, virou pó, o espírito está no céu, perto de Deus, aguardando a ressurreição dos mortos, quando será glorificada junto com todos os verdadeiros cristãos que morreram, e os que ainda vão morrer ou os que serão arrebatados, na volta gloriosa de Jesus, uma vez que foi uma cristã humilde e santa. Ela faz parte da verdadeira Igreja do Senhor Jesus Cristo, que é formada por verdadeiros adoradores de Jesus Cristo.

Se Maria pudesse realmente aparecer e se manifestar, sem dúvida alguma seria para chorar muito. E por que será que Maria iria chorar tanto? Ela iria chorar por muitos motivos e vamos tentar explicar alguns deles.

Maria iria chorar porque os cristãos nominais não obedecem à Palavra de Deus, exatamente como deveriam obedecer. Mesmo porque ela deu um único mandamento para os cristãos em João 2.5: "Fazei tudo o que Ele (Jesus) vos mandar".

Maria iria chorar porque as pessoas no mundo inteiro vivem se curvando diante de suas imagens e estátuas e como Maria conhecia bem a Bíblia, ela sabe que o segundo mandamento (Êxodo 20:3-4 - Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque eu sou o SENHOR, teu Deus, Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem e faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos) que a Igreja católica retirou do catecismo, proíbe terminantemente qualquer tipo de adoração e fabricação de ídolos, mas a Igreja católica transformou Maria num ídolo.

Ela iria chorar muito porque se confessou "pecadora necessitada de um Salvador" em Lucas 1:47 e a Igreja católica inventou que ela nasceu imaculada, negando a verdade bíblica que afirma que "todos pecaram e carecem da glória de Deus" (Romanos 3:23) e que só Jesus nasceu sem pecado, por ter sido concebido pelo Espírito Santo, mesmo porque Ele é Deus.

Maria se desmancharia em lágrimas porque, além de carregá-la num andor, coisa importada do paganismo, em que as deusas: Ishtar, da Assíria, Astarte ou Astorete, da Fenícia e Canaã, Ísis, do Egito, Cibele, de Anatólia, Ártemis ou Artemisa, da Grécia, ou Diana todas deusas-pagãs, estátuas que eram carregadas em procissões, queimavam-lhes velas, e ofereciam-lhes quadros, imagens, órgãos de cera, como pagamento de promessas e ficavam espalhados pelo santuário. Tidas por virgens eram as deusas-mães e recebiam vários nomes (introduzidos ao catolicismo romano) como: Santa Virgem, Minha Senhora, Mãe de todos os benditos, Mãe de Misericórdia eram coroadas como Rainhas dos céus. Todas essas práticas são condenadas pela Palavra de Deus, que é a Bíblia, Sagradas Escrituras como em: Jeremias 7:18 ; 1 Sm 12:21; Sl 24:4-5; Is 41:22-24; Is 42:8; Is 42:17;

Is 43:10-11; Is 44:9-11; Is 44:12-13;15;17; Is 44:18-20; Is 45:20;21;Is 45:22-24; Is 46:1-2;5-7;9; Jr 10:5;14; Hc 2:18; Mt 4:10; Lc 4:8; Rm 1:22-25; 1 Co 6:9-10; 1 Co 8:4-6;1 Co 12:2; 2 Co 6:14;16;

Filipenses2:5-11; Apocalipse 21:8

Só existe Um Mediador entre Deus e os homens: Cristo Jesus, homem 1 Timóteo 2:5.

Como ela, estando morta e sem nenhum contato com os vivos, exilada no céu, até o Dia do Juízo, poderia ouvir orações de quase um bilhão de ignorantes, em todas as línguas e dialetos, em todos os minutos do dia e da noite, se ela não é Deus e só Deus é onipresente e onipotente?

Maria choraria demais, porque tendo sido uma simples mulher do povo, foi incorporada às deusas pagãs -já mencionadas-,porque a Igreja católica adaptou as gravuras e estátuas antigas dessas deusas, a fim de que fossem veneradas e lhe trouxessem uma fábula de dinheiro da parte dos ignorantes da Palavra de Deus. Eu sou o SENHOR: este é o meu nome, e não permito que as imagens recebam o louvor que somente eu mereço.” OUTRA VERSÃO: Eu sou o SENHOR, este é o meu nome; a minha glória, pois, não a darei a outrem, nem a minha honra às imagens de escultura (Isaías 42:8).

Adorar – significa prestar culto (honra, homenagem), reverenciar, venerar a qualquer divindade

Culto –vem do latim que é cultivar, honrar, venerar

Jesus tinha em Maria sua mãe carnal, não admitindo que fosse tratada de forma superior. Em algumas oportunidades deixou isso bem claro. Certa vez, quando Ele pregava, os discípulos lhe avisaram que sua mãe e seus irmãos estavam do lado de fora chamando-O, Jesus perguntou:

”Quem é a minha mãe? E quem são os meus irmãos? Aí olhou para as pessoas que estavam sentadas em volta dele e disse: —Vejam! Aqui estão a minha mãe e os meus irmãos. Portanto, qualquer que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, irmã e mãe”(Marcos 3:33-35; Lc 8:21) OUTRA VERSÃO: Ele, porém, lhes respondeu: “Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a praticam”.

Se Maria pudesse se comunicar com os vivos pediria para que cumprissem os mandamentos de Deus e acatassem as verdades da Palavra.

No princípio era aquele que é a Palavra (ou o Verbo). Ele estava com Deus e era Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito. Nele estava a vida e esta era a luz dos homens. A luz brilha nas trevas e as trevas não a derrotaram (João 1:1-4 )

Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito (ou o Único) vindo do Pai, cheio de graça e de verdade (João 1:14 )

Quem tem o Filho, tem a vida; quem não tem o Filho de Deus, não tem a vida (1 João 5:12)

Jesus disse: “Eu e o Pai somos um” (João 10:30)

E Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim (João 14:6)

Não há salvação em nenhum outro, pois, debaixo do céu não há nenhum outro nome, além do nome de Jesus, dado aos homens pelo qual devamos ser salvos (Atos 4:12)

Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus (Romanos 8:1)

Por isso Deus deu a Jesus a mais alta honra e pôs nele o nome que é o mais importante de todos os nomes, para que, em homenagem ao nome de Jesus, todas as criaturas no céu, na terra e no mundo dos mortos, caiam de joelhos e declarem abertamente que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus, o Pai (Filipenses 2:9-11)

Se Maria pudesse se comunicar com os vivos pediria que todos lessem a Palavra Santa, Infalível e Eterna, que é a Bíblia, porque as tradições mentem, os livros adicionais mentem, os magistérios mentem, pois são todos organizados a partir de homens pecadores e fraudulentos, enquanto a Palavra de Deus, que é mais cortante do que espada de dois gumes, é a única realmente perfeita e digna de ser obedecida, porque o Verbo se fez carne e habitou entre nós (João 1:14)